Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
203 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59109 )

Cartas ( 21236)

Contos (13108)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9435)

Erótico (13481)

Frases (46496)

Humor (19274)

Infantil (4456)

Infanto Juvenil (3718)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138219)

Redação (3051)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5519)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->17.01.2021 - Na boca do caixa -- 17/01/2021 - 18:11 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

https://www.magazinevoce.com.br/magazinegarimpotarciso/

Diário do Dia a Dia

 

Na boca do caixa

 

Já havia visto esta história e realmente ela existe na "boca do caixa". Não só na intenção de se desvencilhar de uma regra supostamente injusta, mas muitas vezes na tentativa de burlar normas.

Já há muito tempo que todas as transações acima de R$ 10.000,00, têm que ser vinculadas ao CPF do depositante, não raro o depositante sugere ao caixa que faça dois depósitos de R$ 5.000,00, em presente flagrante de querer burlar a norma, não só a regra.

Se o fizesse, o caixa se sentiria conivente, como assim são vistos pelo Banco os que o fizerem. Sem querer julgar a velhinha, no mínimo ela se sentiu importante por ter mais de milhão no Banco e tentou criar norma específica para ela, quando para isso primeiro ela devia comprar um Banco e não só ser cliente de um.

Por outro lado isso ocorre por existir "boca do caixa", o que está em rápido processo de extinção.

Na reestruturação atual por que passam os bancos, os caixas, grupo do qual faço parte, perdemos a gratificação mensal pelo exercício da função, ganhando apenas eventualmente no dia em que atuarmos em guichê.

Em meio a tudo isso está à resistência eterna aos processos de mudança, onde muitos preferem morrer que mudar.

Muitas vezes somos vistos como intransigentes e no bom sentido realmente somos, não transigindo com coisas erradas. Já disseram que “o certo é certo mesmo que ninguém esteja fazendo e o errado é errado mesmo que todos estejam fazendo”.

 

-x-x-x-x-x-x-

Mudar e viver, morrer jamais.

-x-x-x-x-x-x-

 

https://www.magazinevoce.com.br/magazinegarimpotarciso/

 

Compre aqui que o Magazine Luíza vai deixar em casa.

 

Para lê-los ou relê-los na Usina de Letras: https://bit.ly/tarcisocoelho

 

Inscreva-se.

 

Tarciso Coelho, Crato (CE), 17.01.2021

https://www.magazinevoce.com.br/magazinegarimpotarciso/

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 6Exibido 17 vezesFale com o autor