Usina de Letras
Usina de Letras
37 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62137 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10331)

Erótico (13566)

Frases (50547)

Humor (20019)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140778)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Os maiores PIBs -- 02/07/2009 - 15:53 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Caros amigos,

A titulo de curiosidade, eis os dados aproximados sobre o PIB anual segundo critério da Paridade do Poder de Compra das moedas (PPP), fornecidos pelos Fundo Monetário Internacional, o Banco Mundial e a CIA:

Mundo, entre 69 a 70 trilhões de US$ dólares,

USA entre 10 e 14 trilhoes

União Européia, 13 a 15 trilhões

China, 8 trilhões

Japão, 4,4 trilhões

índia, 3,2 trilhões

Alemanha, 3 trilhões

Rússia, 2,3 trilhões

Reino Unido, 2,2 trilhões

França, 2,1 trilhões

Brasil, 1,9 trilhão

Itália, 1,85 trilhão

Seguem-se, em ordem, México, Espanha, Coréia do Sul, Canadá, Turquia, etc.

O que ainda é baixo é nosso PIB percapita, US$ 10.4, em que aparecemos na aproximada 70ª posição, correspondendo a cerca da média mundial.

Altos percapita registram países como o Katar, o Luxemburgo, a Noruega e Singapura, todos esses estando acima da renda do americano, de 46 a 48 mil dólares

Vejam pormenores em en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_GDP_(PPP)

Espero que os dados interessem e deixo aberta a discussão

Um abraço cordial e os agradecimentos a José Roberto de Almeida, ex-Diretor do Banco Mundial e, atualmente, professor de economia na UnB.

Meira Penna


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui