Usina de Letras
Usina de Letras
38 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50541)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Habemus excelências? -- 04/08/2009 - 14:51 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
HABEMUS EXCELÊNCIAS?

Glacy Cassou Domingues

Grupo Guararapes.
Fortaleza, CE, 04/08/2009.

É conhecido o sinal da fumaça branca - na chaminé para isso reservada - no Vaticano, anunciando a escolha de novo Papa. O sinal do Senado para informar que tínhamos representantes dignos de assim serem chamados, foi o esperado. Ou seja, uma imensa e densa NUVEM NEGRA, vazando da cúpula do Senado.

Creio que poucas pessoas ficaram surpresas com a demonstração de poucas, mas significativos representantes daquela Casa. A ópera bufa representada pelos senadores Pedro Simon, Renan Calheiros e o irado Fernando Collor, foi um retrato fiel do que é aquele antro de pretensas EXCELÊNCIAS. Não seria surpresa se finda a deplorável e esclarecedora reunião, o hoje senador Fernando Collor tivesse sido socorrido pelo Pronto Socorro Cardíaco. As palavras "sibiladas", o rosto contraído pela ira, foi um "trailer" do que serão as próximas sessões daquela Casa amanhã.

Em se tratando do senador Fernando Collor, que foi E-X-P-U-L-S-O do cargo de presidente pelos, hoje silentes, "caras pintadas" de Lula, a defesa irada do agora "kumpanêro", dá uma dica do que será o pretenso julgamento do presidente daquela Casa.

O senador Pedro Simon, do mesmo partido da Fênix José Sarney, apenas confirmou o POR QUE de ser o mais antigo senador. O poder de "rolha" - SEMPRE flutuar seja qual for o líquido que esteja imerso - foi demonstrado ontem no furioso, ridículo e deplorável combate entre figuras que deveriam dar exemplo de ÈTICA, MORAL, DECORO e HONESTIDADE.

O que nos foi dado assistir na tarde de ontem, deixou bem claro para quem quer ver, que aquela Casa hoje, é um exemplo rematado do que NÃO DEVERIA SER. Pelo que nos foi possível concluir, as EXCELÊNCIAS estavam em seus gabinetes assistindo como nós, pela televisão de seus gabinetes, o que ocorria no plenário daquela Casa. Quando lhes convinha, compareciam, davam seus recados e retiravam-se para acompanhar de longe, a prévia do que será o espetáculo de amanhã naquele recinto.

Alguém que assistiu, ou teve notícias da provavelmente "histórica sessão", tem dúvidas de qual será o resultado do julgamento do presidente da Casa? Os "alicerces" de sua carreira no Senado foram garantidos pelos 14 anos de profícua gestão do agradecido amigo Agaciel Vieira.

O presidente da república neste escabroso "imbróglio", do qual ele diz NÂO ter nada a ver COM ISSO, confirmou aquilo que a cada tsunami político - para quem quer ver - torna-se claro. Seu paranóico objetivo sempre foi o que ele hoje vive; SER PRESIDENTE. Ao que tudo indica, satisfaz também significativa parcela de brasileiros, principalmente na classe política.

Papai do Céu permita, àqueles que como o Grupo Guararapes e seus congêneres , lutam apenas com caneta e papel na mão consigam atrair para suas fileiras, os brasileiros que aspirem mais que PÃO e CIRCO.

Com a licença dos chefes deixo aqui o lema do Grupo - ESTAMOS VIVOS - e também a pergunta: HABEMUS EXCELÊNCIAS?


Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui