Usina de Letras
Usina de Letras
50 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62137 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10331)

Erótico (13566)

Frases (50547)

Humor (20019)

Infantil (5415)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140778)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->De Rio Branco a Top Top Garcia -- 25/09/2009 - 11:32 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
De Rio Branco a "Top Top" Garcia

ARTHUR CHAGAS DINIZ*

O ministério das relações exteriores, mais conhecido como Itamaraty que já teve como grande referência o Barão do Rio Branco e numerosos titulares ilustres, divide-se, hoje, entre Celso Amorim e Marco Aurélio "Top Top" Garcia.

A Marco Aurélio, assessor de Lulla, cabem todas as gestões no àmbito das Américas. Desde a criação do foro de São Paulo, onde se reúnem desde chefes de Estado socialistas ou comunistas até guerrilheiros como é o caso das FARCS que a pretexto de emergência praticam crimes que vão do sequestro ao tráfico de drogas. Essa gente, Marco Aurélio e o PT, sempre homenagearam e deles receberam todo o tipo de ajuda. Há quem diga que até mesmo financiaram "companheiros" em eleições no Brasil.

Pois bem, é esse cavalheiro partidário daquela linha de que os fins justificam os meios, que, aparentemente, comanda os atuais deslocamentos de Zelaya, deposto em Honduras e, hoje, como gosta de dizer Lulla, "visitante" da embaixada brasileira em Tegucigalpa. A monitoria geral, como sempre, é de Hugo Chávez que, espertamente, passou o protagonismo para Lulla. Como a derrubada de Zelaya não é exatamente o "golpe" que o nosso presidente descreve, a manobra de colocar Zelaya e seus apaniguados dentro da embaixada brasileira pode acabar gerando uma guerra civil naquele país.

Essa tal solidariedade bolivariana vai nos custar muito. Lulla está fazendo tudo o que criticava em governos norte-americanos, em tempos passados.

Enquanto "Top Top" faz estripulias, o Brasil perde todas as indicações de membros de organismos internacionais. Falando nisso, como o Itamaraty de Rio Branco pode se prestar a esse papel?


* PRESIDENTE DO INSTITUTO LIBERAL



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui