Usina de Letras
Usina de Letras
47 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60371 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9717)

Erótico (13520)

Frases (48260)

Humor (19555)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139379)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
cronicas-->QUANDO NÃO SE CONSEGUE ESCREVER NADA -- 02/04/2001 - 16:00 (André Carlos) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
E não sai nada.
Não adianta esperar uma inspiração do céu porque isso não existe.
Não adianta tentar esquadrinhar os cantos do cérebro por alguma idéia boa porque você não vai encontrar nada.
Não adianta pensar antes de escrever porque dos pensamentos não sairão nada e isso é perda de tempo.
Quando o momento atual é inútil fica difícil produzir alguma coisa.
Somente convém que não seja sempre assim, que se faça algo para mudar a situação. É claro, não se pode ficar assim para sempre.
No entanto, o agora ainda é ruim, outro daqueles (desses) dias em que não se sai nada. E por mais que se faça, ao fim não se dá por satisfeito.
Ainda assim escrevi algumas palavras.
Um monte de besteiras, sem dúvidas.
Desculpem-me.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui