Usina de Letras
Usina de Letras
54 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60285 )

Cartas ( 21285)

Contos (13379)

Cordel (10352)

Cronicas (22252)

Discursos (3187)

Ensaios - (9687)

Erótico (13520)

Frases (48080)

Humor (19493)

Infantil (4787)

Infanto Juvenil (4142)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139180)

Redação (3100)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5773)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Nortibóia, nortibóia... -- 10/09/2013 - 06:07 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Ticintina e Tibebé encontraram trabalho na casa do major inglês, casado com uma dona Margarida, na segunda década do século XX. Pajeavam as crianças, Thomas e Marcus, filhos do casal. O major era responsável por uma minha de ouro, nos cafundós de uma tal Onça do Pitangui, hoje com foro de cidade, prefeito, càmara de vereadores e outros quetais da emancipação.

Vicentina e Isabel eram as filhas mais velhas do casal Veluziano e Ana, e sua grande alegria além de ouvir o falar enrolado do casal empregador, era levarem uns cobrinhos pra casa. Era coisa pouca mas ambas as meninas tinham aquele orgulho de ajudar o pai, seleiro de profissão, mais no ócio do que na ação...

E Ticintina já aposentada, depois de quarenta anos de fábrica, enquanto a nós seus sobrinhos pageava, é que nos narrava paciente e metodicamente sua vida de menina-moça, falando da bondade de Dona Margarida -que além dos cobres lhes dava comida- quando se impacientava com as espoletices dos meninos, a quem a plenos pulmões ralhava Thomas, Marcus, nortibóia, nortibóia...

Era o inglês de tia Vicentina, que havia feito um ano de escola regular. Seu nortibóia corrsespondia a uma variaçãp - moto proprio - de naughty boy, naughty boy....
Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 26Exibido 107 vezesFale com o autor