Usina de Letras
Usina de Letras
51 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60367 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9716)

Erótico (13520)

Frases (48255)

Humor (19555)

Infantil (4830)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139367)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->CARTA A PAPAI NOEL -- 24/12/2006 - 00:43 (ANTONIO LUIZ MACÊDO) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
PAPAI NOEL

Antonio Luiz Macêdo

Não culpo você pelo que aconteceu. Foram as pessoas grandes que inventaram isso. Quando éramos crianças, nos falavam simplesmente de você, dos presentes e da ceia de natal. Uma árvore verde, enfeitada de bolinhas coloridas, luzes, um presépio, constituíam o sinal maior da proximidade do natal.

Não tinha bolo, velinha, nem se cantava “parabéns pra você”. O aniversariante, sendo o mais importante, continuava o mais esquecido, o mais deixado de lado na festa, e você sempre se sobressaindo mais e mais.

Ainda sinto no coração a lembrança daquelas noites em que íamos todos, dormir cedo, senão você passava e não deixava o presente. E a expectativa crescia, crescia, à medida que a noite se aproximava. Hoje sinto um aperto no peito por ter deixado o aniversariante sozinho. Eu já falei que não nos diziam nada. Aquele que fazia aniversário permanecia escondido por detrás de uma verdade nunca revelada. E a gente sem saber. As pessoas grandes são espertas!

Cresci, tornei-me adulto, e vejo as mesmas coisas da minha infância; aliás, com muito mais sofisticação e intensidade. Fizeram e fazem de você um boneco do comércio, do lucro, da imaginação. As propagandas da mídia televisiva fazem de você, papai Noel, o sonho maior que deve ser gravado a qualquer custo na cabeça das crianças, e utilizando qualquer artifício. O que vale é que você continue muito vivo, porque estando vivo o retorno financeiro é certo. O que me incomoda é que você aceita ser usado, manipulado, por um mundo consumista que se consome no consumismo desenfreado, sem rédeas.

Quando você retornará à sua personalidade de origem, Klaus, que foi danificada e corrompida? Reconheça que você não é o mais importante no natal. Incentive, exija das pessoas que dêem a atenção devida àquele que merece toda a nossa atenção e reverência. Fale, proteste, não deixe mais que as coisas continuem assim. O aniversariante quer também nascer em seu coração. Mas é preciso que você seja sincero, leal, fiel. Não tenha medo, papai Noel. As crianças irão entender - com algumas indagações, é claro – porém, de maneira serena.

Por fim, se mostre, se faça visível, porque onde habita a verdade, brilha intensamente a luz. Deixe os poderosos gritarem; os exploradores reclamarem; os comerciantes xingareos donos do dinheiro enfurecerem. Não tenha medo, papai Noel! Você não vai perder o seu lugar. O dono da festa é Jesus e você, seu ajudante de ordens. Esperamos todos, que cumpra bem o seu papel!

A.L.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui