Usina de Letras
Usina de Letras
39 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Podem rolar segredos de Estado no leito conjugal do MST -- 14/09/2015 - 13:17 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Podem rolar segredos de Estado no leito conjugal do MST

Chiavon é o segundo homem na hierarquia do MST

Celso Serra

Em aditamento a análise da questão do decreto sobre nomeação e promoção de oficiais das Forças Armadas, não podemos esquecer, dentre outros, os seguintes pontos de notório vínculo com o fato:

  1. Pelo Ministério da Defesa tramitam informações sigilosas e secretas sobre a segurança nacional.
  2. Considerando a posição ocupada pela funcionária pública Eva dal Chiavon no órgão e seu vínculo matrimonial, terão sido preservados os segredos sobre a segurança nacional ou repassados para seu marido Francisco dal Chiavon, membro ativo do MST e, portanto, vinculado ao Foro de São Paulo ?
  3. É fato notório que o Lula ameaçou toda a nação com o “exército do Stédile”. Será que o “general” Stédile recebeu (e continua recebendo) informações secretas militares sobre a segurança nacional ?
  4. A imprensa noticiou hoje que o texto do decreto será corrigido para ficar claro que o ministro da Defesa “poderá” delegar aos comandos militares a competência para cuidar de questões administrativas.
  5. O tempo do verbo (“poderá”) deixa claro que o objetivo do decreto não será alterado e, salvo melhor juízo, que os militares continuarão mutilados com relação ao poder de decisão sobre assuntos internos.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Dizem que após os 40 anos ninguém pode continuar acreditando em coincidências. No caso, o marido de Eva não é o Adão, mas o Francisco dal Chiavon, um dos mais importantes dirigentes nacionais do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, uma entidade que vive à margem da lei ou fora da lei. O fato desta senhora ocupar este cargo estratégico e falsificar assinatura de oficial-general é ultrajante (C.N.).

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui