Usina de Letras
Usina de Letras
67 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4178)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Medidas cabíveis -- 06/10/2003 - 20:57 (Augusto Luciano Meyer) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Fatos comprovam que a tortura no Brasil ainda não teve seu fim definitivo, pois tem-se presenciado notícias desanimadoras nos noticiários televisivos. Notícias estas a respeito da má organização e maus tratos sofridos por presos do Rio de Janeiro. Caso recente é o do chinês torturado até a morte que veio a público e trouxe indagações que, talvez, não solucionaremos jamais. Por que tais torturas ainda acontecem; que providências de ordem imediata, os governantes devem tomar; como antecipar os fatos antes que se tornem fatos?

Muitas dessas torturas e acusações de maus tratos aos presidiários são veladas de tal forma que, possivelmente, há mais mortes deste tipo do que são anunciadas pela mídia e a negligência impera no sistema carcerário brasileiro, haja visto o número de rebeliões que cresce a cada ano que passa.

Os governantes brasileiros têm condições de solucionar estes problemas fazendo construções de penitenciárias longe dos centros urbanos, contratando carcereiros realmente habilitados para liderarem uma prisão com responsabilidade e ponderação em relação às vidas humanas trancafiadas e quando os presos saírem no final do cumprimento da pena, não cometam mais crimes. Algumas mínimas soluções já foram tomadas quando o problema bateu à porta da sociedade brasileira recetemente. Foi criado um grupo móvel de combate à tortura, que amenizará por enquanto esta "trave" nos olhos brasileiros.

Basta atentarmos para os acontecimentos mais corriqueiros como superlotação e falta de higiene nas celas para que mais tarde a premonição se dê por completa com a total decadência do sistema prisional brasileiro e sua irreversibilidade.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui