Usina de Letras
Usina de Letras
39 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62134 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10447)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10329)

Erótico (13566)

Frases (50542)

Humor (20019)

Infantil (5414)

Infanto Juvenil (4748)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140776)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6172)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Vi o caos, por general Torres de Melo -- 30/06/2016 - 15:40 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
VI O CAOS

General Torres de Melo - Grupo Guararapes

São 0730 do dia 28 de junho de 2016. Televisão aberta e o programa BOM DIA
BRASIL, DA TV GLOBO.
Vi o que nunca imaginei ver. Um professor escrevendo no quadro verde (no
meu tempo era preto) e um aluno ao lado apagando. 
Vi greve nas Universidades pelo Brasil afora. Vi aluno querendo aula e
professor em greve por não receber seu salário. 
Vi, por ter feito parte da formatura do dia 03 de junho de 2016, a
disciplina, a postura, o garbo dos jovens disciplinados do Colégio Militar,
em Fortaleza, e minha lágrimas correndo pela saudade do tempo que passou. 
Fui aluno do Colégio Militar do Ceará, em 1936, e tive aula com o querido
Padre Mizael, fardado de coronel, dando aula de história. Vi todos os
alunos se levantarem e cumprimentar o mestre que chegava. Eram nossos
segundos pais. Chorei no seu enterro quando no comando da 10ª RM, já
general.
Vi o diretor da Escola Normal do Ceará (hoje mudaram o nome para que não
sei) ir a pé para sua casa vestindo linho S 120, era o melhor que tinha na
praça. Ganhava mais do que desembargador. 
Vi senador ser preso e despois cassado por se meter em atos não muito
explicáveis. Vi entrarem em casa de senadora da república e levarem seu
marido preso. 
Mas vi também senador Milton Campos, vindo do exterior de representação
oficial, devolver 300 dólares (posso estar errado por já fazer muito tempo)
por ter sobrado. Sou do tempo de um Eduardo Gomes, Juarez, Lott, Nereu
Ramos. Não sou do tempo de RUI, Nabuco, Paranaguá. Eram homens que entravam
pela porta da frente da vida. 
Mudou? Mudou e muito. Há muitos homens públicos entrando pelas portas do
fundo.  
Nem a honra é mais defendida. Homem sem honra não é homem. Sociedade sem
Honra é o caos.
“Há algo de tão magnífico com um grande homem: um homem de honra."
Alfred de Vigny

ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES
GEN TORRES DE MELO - COORDENADOR - 28/6/16


Leia os textos de Félix Maier acessando:

1) Mídia Sem Máscara
http://www.midiasemmascara.org/colunistas/10217-felix-maier.html


2) Piracema II - Nadando contra a corrente
http://felixmaier1950.blogspot.com.br/

Conheça a história do terrorismo no Brasil acessando:
Wikipédia do Terrorismo no Brasil
http://wikiterrorismobrasil.blogspot.com.br/

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Uma seleção de artigos. Imperdível!
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=12991&cat=Ensaios  e
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=13208&cat=Ensaios&vinda=S

Acesse as últimas postagens de Félix Maier clicando em

1) Usina de Letras
http://www.usinadeletras.com.br/exibelotextoautor.php?user=FSFVIGHM

2) Facebook
https://www.facebook.com/felixmaier1950

3) Twitter
https://twitter.com/fmaier50

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui