Usina de Letras
Usina de Letras
48 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59672 )

Cartas ( 21255)

Contos (13337)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3170)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47225)

Humor (19422)

Infantil (4629)

Infanto Juvenil (3942)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138797)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5662)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->O preço do amor -- 29/12/2010 - 20:03 (Alan Carlos Dias) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O Amor é o sentimento mais lindo e importante que existe no universo e no coração aonde ele habita.
O amor não se mede em moeda, em recursos financeiros, em bens de consumo. O amor não tem preço.
O amor precisa de cumplicidade, de perigo, de riscos, de risos, de saudade, de verdade, de intensidade, do querer. Precisa de simplicidade.
O amor cresce na simplicidade. Aprende com ela e se torna sábio.
O amor tem conflitos é verdade. Mas, à vontade e o desejo de amar supera tudo isso. Nada é maior do que o amor.
A inveja, a intolerância, as fofocas, as piadinhas devem servir para nos unir ainda mais, não para nos manter distantes. Do contrário condenamos o amor a nadar no rio da tristeza, a deita-se na areia do esquecimento, a dormir um sono sem sonho e sem amanhã.
O amor é valioso e seu preço reside na somatória das partes que o compõe. O amor não é apenas alegria. É antes conflito. É querer quando não se pode. É desejar quando tudo mais vai de encontro ao desejo. É persistir quando as coisas parecem mais difíceis e sem solução. É entregasse de corpo e alma, sem conceitos ou preconceitos. O amor é barroco e vence qualquer obstáculo.
Desprezar o amor é desprezar a si mesmo. É não entender que o amor é frágil, que adoece que necessita de carinho, de afago, de consolo, de companhia e de seu alento. Não apenas de palavras, mas de você.
Sem o seu amor a me oferecer aconchego, curto a solidão de meus dias. Esse também é o preço que se paga quando se ama. A saudade. Mas eu pago satisfeito, porque sei que você existe. Eis porque tanto lamento!
Espero que um dia você possa ser tão louca quanto eu. Possa me amar tão sem cuidados quanto eu. Até lá, seja a mulher que eu amo. E não se esqueça de reservar um minuto de todos os dias para me chamar de amor. Para me dizer de mil maneiras que sou importante em sua vida. Isso faz uma grande diferença.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui