Usina de Letras
Usina de Letras
57 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59675 )

Cartas ( 21255)

Contos (13343)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3170)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47229)

Humor (19421)

Infantil (4629)

Infanto Juvenil (3943)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138798)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5663)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->DEZEMBRO ANGUSTIADO -- 13/01/2002 - 23:01 (Amauri Junior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




Era uma vez um garoto em um natal

Muito infeliz para para todos de

Sua família.

Então pedira ao Papai Noel naquele

Ano, um brinquedo.

Papai Noel, por engano, deixara um

Livro aos invés do seu brinquedo.

A troca do presente entristecera

O garoto por todo o ano que se seguira.

No natal seguinte, quando o garoto

Resolvera não mais pedir nada à ele,

O velhinho aparecera:

"Desculpe-me, meu filho", disse Noel,

"Pelo meu engano. Aqui está

O brinquedo que tanto querias",

Falou envergonhado pelo erro.

O garoto, por sua vez, perguntara-lhe

O que fazia com o presente renegado.

Papai Noel respondera-lhe que ficasse

Com ele,

Porque algum dia iria ser-lhe útil...











Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui