Usina de Letras
Usina de Letras
22 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10254)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5387)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140709)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->EXEMPLO DO EXEMPLO -- 30/07/2023 - 11:53 (Edilberto Brito da Silva) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

EXEMPLO DO EXEMPLO

 

Nos idos anos 50, quando com meus sete anos de idade frequentava, em Fortaleza, Ceará, a escola primária, nas aulas de Português  era costume a professora fazer ditado a partir de um livro -  no caso a cartilha Sodré – coleção Sodré (ainda me lembro disso!).

Abria uma página – aleatória ou não - e começava o processo.

Ao término, recolhia os textos (escritos a lápis), distribuía-os entre os alunos presentes.

Eles deveriam fazer as correções que achassem  convenientes e necessárias. O meu coube à uma coleguinha.

Feito isso, a professora chamava, pelo nome, à sua mesa, o autor do trabalho.

Quando chegou minha vez, ela elogiou meu texto - sempre tive facilidade com o idioma -, porém com uma restrição:  eu tinha escrito a palavra que deveria ser “exemplo” como “exemplo” (com z).

Como eu tinha certeza de que havia escrito corretamente, afirmei com convicção (apesar de minha pouca idade) de que ali tinha havido um mal entendido.

Pelo fato do texto ter sido escrito a lápis, a coleguinha, não encontrando erros para justificar sua tarefa, apagou o certo – exemplo - , e, no lugar, escreveu o incorreto – ezemplo.

Não me lembro do desfecho do episódio.

Hoje eu me pergunto: “por onde andará aquela ex-colega”? Ocupando alhures algum cargo político? “apagando o certo para, em seu lugar, colocar o errado”, em detrimento do outro?

Caso a pensar...

 

 

 

 

 

 

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui