Usina de Letras
Usina de Letras
71 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60365 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9716)

Erótico (13520)

Frases (48251)

Humor (19554)

Infantil (4829)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139363)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->Desencapada -- 03/02/2016 - 11:02 (A Sabiá Que Não Sabia Voar) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Hoje levantei desencapada... com os dois dedos na tomada, dando choque para tudo quanto é lado...

Acordei sem medida, adolescente, aborrecente, tudo latente fora de lugar...

Uma vontade de gritar aos quatro cantos... de pegar megafone... e sair por ai nua... já tô meio sem lar...

Hoje tô doida varrida... de pé na bunda a porta fechada eu tô escolada...

Sei pular muro, arrebentar cerca, abrir janela...

Chegar sem ser chamada e ir logo me achando a dona da casa...

Tô com vontade de pegar o carro e ir por ai...  ir pra onde o vento me levar...

Hoje acordei sedenta... faminta... explodindo de ansiedade... tô afim de sequestro sem resgate...

Hoje quero falar... falar... falar... melhor... beijar... beijar... beijar... beijarrrrr.... e quem sabe depois falar...

Hoje estou descontrole... loucos são os outros que acham em mim algum equilibrio...

Gosto do quente... do fervente... do latente... quase do inconsequente...

Borboletas no estomago é comigo mesmo!!

 

 

Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 1Exibido 420 vezesFale com o autor