Usina de Letras
Usina de Letras
63 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60371 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9717)

Erótico (13520)

Frases (48260)

Humor (19555)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139379)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Recado à crianças -- 01/05/2000 - 17:22 (A. Pinto.) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Criança!...

Desperta para a vida,

Cultua-lhe a beleza

Conserva a natureza

E esta mata tão querida

Que te dá o verde tão belo

E filtra o ar que respiras.



Criança!...

Não quero te ver chorar

Que tuas lágrimas de dor e sentidas...

Não venham irrigar um árido solo

Neste planeta em outras vidas,

Sem o verde das montanhas

Sem o terno azul do mar.



Criança!...

Não!... nunca perca a esperança

Nem fuja jamais desta lida...

Pois aqui sem tua luta renhida, de certo ainda verás

Lindas estrelas a brilhar num firmamento,

E os astros cintilar, cheios de alento

E este mesmo sol, te iluminar



Criança!...

Desperta do sono inerte

Fazei então tua prece

A este Deus, cheio de amor...

Com o fruto do teu trabalho,

Garante a sombra e o agasalho

Neste mundo de provações.



Criança!...

Que os peixes estejam nos rios,

Que as baleias habitem os mares,

Que se respirem os ares sem o pó da poluição...

Observa agora a natureza...

Veja-lhe em tudo a beleza,

Sinta o desabrochar de uma flor.





Criança!...

Vislumbrantes as aves aos ninhos,

Sinta então o carinho,

Da mãe que o filho alimenta...

Observa o lírio do vale,

Que retira da lama nojenta,

O húmus pra tão linda flor.



E vivas cheio de amor...

De amor pela natureza,

Conservando-lhe a beleza,

Deste verde tão sublime,

Deste azul do mar que se exprime

Retratando este céu de anil.



Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui