Usina de Letras
Usina de Letras
55 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59664 )

Cartas ( 21255)

Contos (13325)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47209)

Humor (19420)

Infantil (4622)

Infanto Juvenil (3938)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138770)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Infantil-->UM DIA NORMAL NA ESCOLA / DE CAROLINE INES -- 06/11/2006 - 08:46 (ADÃO JORGE DOS SANTOS) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
UM DIA NORMAL NA ESCOLA
Autora Caroline Inês Silva dos Santos/ 11 anos

Lá estava eu fazendo minha prova de Geografia, não tinha estudado, sabia algumas coisas e outras chutei. Como sempre acabei primeiro e não tinha nada para fazer até às 15 horas. Agora era 14 horas e uma hora sem fazer nada, não iria dar certo, então resolvi inventar um dos meus grandes textos.
Comecei a escrever, escrever. Não estava com muitas idéias, mas resolvi escrever.
_Acho que depois de uma hora irei acabar.
Depois que sai da aula de Geografia, fui para a melhor aula, a de Matemática. A professora de matemática é a mais legal, por isso que eu acho a melhor matéria. Hoje a professora avisou que iria olhar o caderno de toda a turma e os dicionários. Valia 1 ponto, estava bem na matéria, mas queria um pouco de nota para ficar melhor na escola.
Depois que eu sai da aula de Matemática fui para aula de Português. Tinha só tinha um período e a professora entregou as provas para toda a turma. Eu que sou uma das melhores alunas, tirei a maior nota da turma. Valendo 3.0 , tirei 2.9. Meu pai ficou orgulhoso de mim, minha mãe também.
Depois no outro período , que seria o último, a professora teve um imprevisto e foi embora mais cedo, e a vice diretora iria no “socar” no estacionamento, mas eu já estava preparada, tinha pedido para o meu pai escrever um bilhete para que eu pudesse sair mais cedo. É que imaginei que ela iria nos colocar no pátio como sempre fazia, ai sai mais cedo da escola e os meus colegas ficaram trancados no pátio sem fazer nada, menos eu que consigo prever o futuro.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui