Usina de Letras
Usina de Letras
36 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140903)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Fotos e chope -- 06/03/2002 - 17:39 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
























Oh, que bom ver estas fotos e chope sorver





Oh, que bom poder ver minha negra sombra projetada

Opaca de tudo, a cento e um graus, curta distância

Sem se expandir e de curto tamanho, bem contornada

Nenhum ruído, e a vazamento jamais dar importância





Há uma sombra para dentro que me diz

Carecendo de suavização do serrilhado

Vermelho é meu círculo, do maior matiz

Que aguarda quem o faça abrilhantado





Oh, que bom ver estas fotos e chope sorver





Se por fora aplico brilho

Ela fica meio prateada

Se fico no mesmo trilho

Nenhum ruído, aparada





A sombra interna fica mais brilhante

Chanfro a mim mesmo e entalho o que é meu

Dou-lhe contorno, textura instigante

Acetinada de preto em marrom se converteu





Oh, que bom ver estas fotos e este chope sorver

E, num só traçado, torno minha sombra vermelha

É o círculo que se sobrepõe a um cinza dégradé

Que marrom do cetim havia coberto de esguelha.



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui