Usina de Letras
Usina de Letras
73 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59807 )

Cartas ( 21263)

Contos (13364)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9574)

Erótico (13486)

Frases (47456)

Humor (19436)

Infantil (4673)

Infanto Juvenil (4003)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138973)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5700)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->morte de meu filho -- 08/04/2002 - 00:45 (Natália bombardi Lucas) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
olhar sútil, desamparo

pedaços de papel espalhados pelo chão

mãos culpadas, dormentes

fragilidade, inocência tomada



fecunda imoralidade, suspiro

face úmida, gosto de sal

pés descalços, grossa pele

porém, cortada pelos cacos de um belo vaso grego



agora, qual é a imotivação

pequenos momentos, estúpida felicidade

desgraça, impiedosa encruzilhada

onde está aquela voz aveludada



a orquestra não vai mais se ouvir

nunca mais

o vazio se prorroga

coração de pedra, outrora morada de meu querido filho

meu pequeno menino tirado de mim sem sequer um aviso

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui