Usina de Letras
Usina de Letras
674 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60350 )

Cartas ( 21289)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9713)

Erótico (13520)

Frases (48233)

Humor (19546)

Infantil (4824)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139339)

Redação (3116)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5809)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Declaração -- 21/04/2002 - 20:03 (André da Silva Galvão) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos




Chore mulher,

A vida é triste,

Eu não te amo,

Ninguém te ama,



Quando sentir que sua alma secou,

Quando sentir sua alma livre,

Volte e fale comigo,

Vamos conversar em tristês,



Encontre-se comigo no cemitério,

Vá de luto e sem batom,

Eu vou faltar ao encontro,

Peça ao coveiro um ombro amigo,



Um cachorro vale mais que você,

Enfie sua cabeça em um buraco,

Sinta-se envergonhada,

Sinta-se culpada,



Mate-se com veneno de rato,

Eu não vou chorar por você,

Eu choraria por um rato,

Eu me casaria com você agora...

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui