Usina de Letras
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59675 )

Cartas ( 21255)

Contos (13343)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3170)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47229)

Humor (19421)

Infantil (4629)

Infanto Juvenil (3943)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138798)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5663)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->para a mulher que amo 2 -- 18/02/2001 - 13:34 (Apenas Um Poeta) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Minha vida...
O que será que esta acontecendo com nossas vidas ?
O que será que esta acontecendo com nossos corações ?
Passamos pôr momentos difíceis.... bem piores do que este, mas nada aconteceu.
....mas, hoje....
Só brigas, humilhações, agressões....
Quando isso vai terminar ?
Eu te amo. Sei que te amo. Sei que não acreditas quando te digo, mas é verdade. Juro!!!
Meus dias são tenebrosos...
Minhas noites são tranqüilas, pois, pôr enquanto, tenho como ocupa-las....
Mas as madrugadas...são eternas, frias, solitárias e tristes...
Não durmo... vejo a noite passar e o amanhecer chegar...
Observo o dia clarear e o sol levantar...
Meu coração dói, estou só...
Este lugar não é meu ( nunca foi );
Este quarto não é meu;
Aqui, me sinto um mendigo...
Acolhido em um quarto estranho, jogado em um colchão no chão, sem conforto, sem privacidade, sem atenção, sem amor...
Tudo que recebo, sei, será cobrado, tudo o que faço é cogitado, tudo o que pego é reclamado...
Nada é meu, nada posso, nada tenho...
Será Que algum dia tive ?!
Quando venho do Barazzone, venho tentando entender o que esta acontecendo. Mas não consigo...
Não tenho vontade de chegar em casa... Atraso o fechamento de meu caixa, espero fechar tudo, mas, ainda assim, as vezes desço na pracinha de Boa Viagem e venho andando, para demorar mais tempo para chegar. Mas, até nisso o tempo é cruel, parece que o distancia e vencida mais rápida andando do que de ônibus.
É estranho andar pelas ruas desertas durante a madrugada e estar indo para um lugar que não é seu, usar do que não é seu, precisar do que não é seu, escutar piadinhas, Ter que escutar coisas, assumir culpas...queria estar indo para a nossa casa, ver você, as meninas. Não Ter medo de comer, poder demorar no banho, poder usar o computador, poder respirar... não Ter que escutar que o pão acabou, que a carne é de fulano, que a energia vai vir alta, que a conta do telefone vai ser um absurdo. O banheiro é de fulano, a toalha e de sicrano, a televisão é de beltrano...tento dormir o mais tempo possível, para não encomodar ninguém, mas parece que até assim incomodo. Já havia me esquecido de como é difícil a vida neste lugar. Sou um estranho, um peso, um calo, um carma...acho que para ‘todos’.
Em minhas madrugadas, penso no motivo pelo qual estou passando pôr isso tudo. Que tão mal fiz eu a Deus , ou que tão grande pecado cometi noutra vida para merecer tão cruel, enorme & eterna punição.
Já não tenho lágrimas para chorar minha dor... não esta sendo fácil passar o que estou passando.
...apenas tenho a noite, para desabafar o meu sofrimento...
...é triste...


Só eu sei o que estou passando...
...quero fugir !
...quero desaparecer !
...quero evaporar !
...quero morrer !
As lagrimas escorrem pôr meu rosto...elas, companheiras de minha dor e testemunhas meus sentimentos...
O que sou ? quem sou ? para que vim ?
Para que viver assim... qual o sentido de minha existência ?
Você diz que eu sou negativo ! tens razão... sou pois a vida me fez assim. Tenho medo de dar um passa, pois sei que se não tropeçar vou pisar num espinho.
Desculpe se estou rude, chato... tente me entender. Eu quero tudo de bom para mim, para as meninas, para vavá, para nós...
...Como eu queria que tudo fosse diferente...
...Como eu queria que você não acreditasse apenas nos seus pensamentos e nas palavras daqueles que te cercam...
...Como eu queria falar o que você gostaria de escutar...
Que vida...Quanto sofrimento...
Porque meu Deus ?!?!?!
Tudo para mim sempre foi difícil, sempre foi caro, sempre foi impossível !
Tudo o que consigo construir, desmorona...
Tudo o que consigo conquistar, perco...
27 anos...
O que eu tenho ?!
2 filhas, as pedras preciosas de minha vidas, e você ( se ainda posso dizer assim ) a jóia que me deu tais pedras.
Meu amor...
Durante a madrugada, tento imaginar que isso não esta acontecendo, que é mentira.
...quanta dor...
meu peito queima, meu coração dói, minha garganta aperta e.... volto a realidade...
Sinto falta de você, do seu carinho, do seu amor, de dormir junto a você, de te acariciar durante as noites em que não dormia. Agora, quem cortara minhas unhas, tirará meus cravos, limpará meus ouvidos...sinto falta de tirar o xixi de Nina durante a madrugada, matar as muriçocas que mordem Biba, ficar olhando a água, lavar o cocô de Duga...
...É difícil... é triste...
Preciso de você !!!
Será que ainda vou te escutar me chamando de : “MÔ”
Pôr favor, me ajude....
Me entenda...


Te amo !
E sei que você também me ama ....

QUE DEUS ME AJUDE !
















Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui