Usina de Letras
Usina de Letras
86 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60367 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9716)

Erótico (13520)

Frases (48255)

Humor (19555)

Infantil (4830)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139367)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Vidros opacos -- 25/05/2002 - 09:02 (Athos Ronaldo Miralha da Cunha) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
A vida é manto.

Um vulto branco.

Folhas sobre nacos

De vidros pacatos.

A vida implora,

As vezes suplica,

Pedaços e cacos.



Então solitária,

Em prantos nos matos,

Flutua segredos.

E medos.

Sobre vidros opacos,

Nas ferrugens do arvoredo.



Cacos de vidros,

Junto ao pomar,

São pesares caídos

Como folhas de outono.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui