Usina de Letras
Usina de Letras
43 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62386 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22545)

Discursos (3240)

Ensaios - (10442)

Erótico (13578)

Frases (50774)

Humor (20067)

Infantil (5484)

Infanto Juvenil (4802)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140863)

Redação (3319)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6231)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->BOLIVIANAS -- 03/05/2006 - 10:29 (Nicola Aliberti) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O neo-imperialismo crava suas garras nas veias abertas da América Latina; pobre Bolívia, tão longe de Deus e tão perto do Brasil. Quem diria, brasileiros... Éramos pobres, subdesenvolvidos e ingênuos. Mas agora nos sentimos tão capitalistas e imperialistas quanto os nossos antigos e recentes opressores. Brincávamos de feiticeiro, tomando o veneno que nos parecia o remédio: neochovinismo liberal.

É preciso compreender, Senhoras(es), que o capitalismo, seja o liberal, o autoritário ou o social-democrata, quando não oprime internamente, o faz externamante - via de regra as duas coisas juntas. Isto quer dizer que a democracia e a prosperidade de um pode custar a ditadura e a miséria do outro. A natureza deste sistema não é redistributiva, nem de poder, muito menos de riqueza. Desde o Império, quando combinávamos escravidão com liberalismo britânico, os nossos vizinhos pagavam caro pelo livre comércio. Paraguai e Uruguai foram ocupados diversas vezes por tropas brasileiras no século 19. Hoje , as tropas no Haiti são um exemplo das pretensões de nosso país. Porém, o preço de uma cadeira nova é alto na ONU. Ocupar um lugar no Conselho de Segurança significa participar de intervenções militares arriscadas e , eventualmente, ser alvo de atentados, ou não sabíamos ?

Pensemos: Evo Morales não é Solano Lopez. O que podemos fazer ? Uma ação militar ou um golpe de Estado, quem sabe. E se madássemos uma força delta pra lá ? Podemos fazer umas fotos com Morales pelado ou cheirando cocaína... Vamos deixar de extremismos. O que pensaria o Guevara, meu Deus. Acho que não vai ter jeito. Vamos ter que chamar o Chaves, o Fidel, o B... o Seu Madruga ! Desisto. Se vocês tiverem alguma idéia me contem. Senão, deixa a grana com os bolivianos mesmo.



Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 4Exibido 1077 vezesFale com o autor