Usina de Letras
Usina de Letras
79 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60350 )

Cartas ( 21289)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9713)

Erótico (13520)

Frases (48233)

Humor (19546)

Infantil (4824)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139339)

Redação (3116)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5809)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->A UMA BELA MORENA... -- 04/06/2002 - 00:20 (Alexandre Manhães) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Eu quero, teus belos cabelos negros,

Bailando suavemente por entre meus dedos.

Eu quero, teu sorriso sutil de fêmea,

Revelando para mim a doçura do teu calor.



Quero tocar teu céu, descobrir tua estrela,

Ser aquele que povoa teus sonhos quando dormes.

Quero invadir teus domínios, criar tua alegria,

Ser uma parte sincera do teu coração.



Desejo mostrar para ti minha melhor qualidade.

Viver intensamente tuas emoções, sentir

Tua respiração ofegante, tuas pernas trêmulas,

Teu toque macio de mulher carinhosa...



Por quê não acreditas em minhas palavras?

Por quê não percebes meus atos por teu amor?



Eu quero, tua pele macia e morena,

Tocando meu corpo com suavidade e tentação.

Eu quero, teu mais secreto olhar de malícia,

Inventando novas sensações para meu desejo ansioso.



Quero ser teu ar, tua força e teu viver,

Ser o homem que vela teu sono e te admira.

Quero semear tua paixão, colher tuas loucuras,

Ser apenas luz para as tuas dificuldades.



Desejo iniciar a transformação dos teus sentimentos.

Iluminar verdadeiramente a tua vida, te mostrar

Minha emoção mais pura, meu tesouro precioso,

O que espero, quero e anseio de ti, bela criatura.



Espero o dia em que acreditarás em minhas palavras,

Em que perceberás a intensidade do que pulsa em meu peito.



Por quê não hoje?







Em 22/01/01 – 21:20

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui