Usina de Letras
Usina de Letras
82 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62308 )

Cartas ( 21334)

Contos (13268)

Cordel (10451)

Cronicas (22541)

Discursos (3239)

Ensaios - (10398)

Erótico (13576)

Frases (50697)

Humor (20046)

Infantil (5466)

Infanto Juvenil (4789)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140835)

Redação (3311)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1961)

Textos Religiosos/Sermões (6217)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->O DRAMA DO SAPO -- 26/05/2000 - 22:10 (MARCO AURÉLIO BICALHO DE ABREU CHAGAS) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O DRAMA DO SAPO



Em um lindo entardecer,

um sapo se alimentava

de todo e qualquer inseto

que em seu caminho passava.



De repente viu um grande.

Pensou em farto banquete

e abocanhou o gigante,

o engolindo num instante.



Com a presa em seu estômago,

o sapo se contorcia,

revirava e dava saltos,

pois fortes dores sofria.



Por dentro o bicho o espetava

e o sapa mal-humorado

expeliu o tal inseto

bem por onde havia entrado.



Numa pedra foi secar-se

ao se ver livre o inseto.

O sapo correu pra cova

e ali ficou bem quieto.

________



Algo idêntico acontece,

ao que abriga em sua mente

pensamentos diferentes

do que pensa e do que sente.



***

Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas





Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui