Usina de Letras
Usina de Letras
69 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60365 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9715)

Erótico (13520)

Frases (48251)

Humor (19553)

Infantil (4829)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139363)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Saudad -- 03/06/2000 - 14:39 (A. Aurelio Teixeira Pinto) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Um grito do fundo do peito,

Com sutileza e esplêndida graça...

No azul dos céus ilumina e traça,

Verdadeira estrada no leito...



Onde dormitam estrelas,

Cintilando no céu a brilhar,

Vai saudade buscar na lembrança...

Minha amada à luz do luar.



Traga-a mais doce e mais bela,

E quando aqui, chegares com ela,

Leve-a para a nossa parca mansão.



Lá eu guardo o carinho e o afeto,

O sentimento mais puro e dileto,

Que cabe no meu coração.



Quero que enquanto eu a ame tu pegues,

A estrela mais linda do céu, não me negues,

Para testemunhar nossa doce emoção.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui