Usina de Letras
Usina de Letras
62 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60241 )

Cartas ( 21285)

Contos (13380)

Cordel (10346)

Cronicas (22255)

Discursos (3185)

Ensaios - (9662)

Erótico (13517)

Frases (47984)

Humor (19476)

Infantil (4776)

Infanto Juvenil (4119)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1344)

Poesias (139150)

Redação (3095)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5762)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Sábado a noite -- 27/12/1999 - 03:24 (Oto Dias Becker Reifschneider) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Sábado a noite

Fico a pensar

Entre luzes neon

E o pálido luar



Não há nada a fazer

Temos de nos separar

Esperei por você

Mas chegou muito tarde

a felicidade,



chegou para não ficar.



Fiquei só no seu quarto

Abri a janela

Olhei para baixo

Não tive coragem de olhar fora dela



No lado de fora

O novo está

Mas me sinto cansado

Para outra vez tentar



Outra vez sem você

Nunca mais com você

Não consigo mais sorrir

Ao te ver



E o pálido luar

Paira na noite

Soberano a olhar

Meu triste olhar.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui