Usina de Letras
Usina de Letras
16 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62480 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50867)
Humor (20083)
Infantil (5501)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Laura -- 10/04/2002 - 00:10 (Alessandro Ramos) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Seus olhos brilham cada vez mais

Suas mãos alcançam novos mundos

Com a ajuda dum beicinho manhoso.

E quando suas pernas estiverem fortes

Não esqueça quem te ensinou a dançar.



Esse som agudo que emite agora

Encanta a todos que ouvem e te admiram

Nessa sua beleza ingênua e graciosa.

E quando souber usar palavras para se expressar

Não esqueça quem te ensinou a cantar.



És menina, és mulher

A vida não é fácil

Logo aprenderá

Mas é doce e bela também.



A infelicidade não é sua

Guarde apenas os sorrisos para você

E quando tiver de chorar

Não esqueça quem te ensinou

A dizer adeus.











Correio Eletrônico - frustrado@pop.com.br

Visitem meu blogue!

www.alessandroramos.blogger.com.br
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui