Usina de Letras
Usina de Letras
71 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59807 )

Cartas ( 21263)

Contos (13364)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9574)

Erótico (13486)

Frases (47456)

Humor (19436)

Infantil (4673)

Infanto Juvenil (4003)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138972)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5699)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Dialética -- 17/07/2002 - 18:24 (Walquíria R. S. Guimarães) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Teus lindos versos libertam em mim

salgadas lágrimas, sensuais secreções

Sensações armazenadas em neurais conexões

Lembranças de beijos...emoções



Como explicar a você que te quero

Ou justificar que não quero

se não quero te querendo

e te quero não querendo?



É complexa a emoção da mulher

Tão volátil e tão intensa

Que um dia acha que quer

E no outro, pára e pensa...



É sábio o homem que espera

Que sabe cortar os laços

Da mulher coberta de hera

Pra no fim colher os abraços!



Nunca vi amor capaz

De superar tal desafio:

do mar desaguar no rio

e lá construir o seu cais...



...Nunca vi amor em paz.



A Sereia



17/7/2002





Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui