Usina de Letras
Usina de Letras
44 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59656 )

Cartas ( 21253)

Contos (13324)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47208)

Humor (19423)

Infantil (4618)

Infanto Juvenil (3936)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138764)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->Querida Flor -- 22/07/2002 - 01:44 (A. AAA) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Querida Flor:

Estou com saudades. Aqui sem você parece um jardim
descolorido, falta algo, é vazio, é cinza...
Minha flor, vem logo, quero provar de seus lábios
o seu doce nectar, que negas a tantos.
Este inverno está tão frio sem você, parece que tudo esta seco, tão pálido e triste.
Minha flor sem fim, ja é tarde, nao quero que ninguem me tome seu amor, e quero fazer de tudo para que você perceba que era eu que te almejava tanto.
Eu nunca amei ninguem, só a você.
Nâo quero que meu amor te machuque, te murche.
Flor você, Minha flor de lis, minha flor de lótus, minha tulipa, minha flor de maracujá.
Vem logo, traga com você a primavera.
A primavera. Seja a única a desabrochar no meu viver, no meu ser, me complete, floresça no meu olhar, corte me do real com seus espinhos, e me mande pra junto de você. Exale sua fragância mais perfumada, e continue proliferando como uma floresta de pétalas multicores em meu coração, em meu ser, em meu viver...

Te amo, mais a ti que a qualquer flor, que a primavera um dia faça florescer...


Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui