Usina de Letras
Usina de Letras
31 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62422 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22547)

Discursos (3240)

Ensaios - (10460)

Erótico (13578)

Frases (50822)

Humor (20078)

Infantil (5492)

Infanto Juvenil (4817)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1377)

Poesias (140877)

Redação (3322)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6241)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->João Guimarães Rosa. História das lendas -- 28/06/2008 - 09:52 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Clique aqui para ouvir essa música de minha lavra e parceria com Eduardo Toledo. Minha gaita Honner dá o tchã, enquanto a voz dele se evidencia.===>>>Frank, make a take-off. Varas y piedras.

Veja mais==>>>História das lendas

texto

No dia em que completar 100 anos, publicarei um livro, meu romance mais

importante: um dicionário. E este fará as vezes de minha autobiografia.
JGR





João Guimarães Rosa (Cordisburgo, 27 de junho de 1908 — Rio de Janeiro, 19 de novembro de 1967) foi um dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos. Foi também médico e diplomata.

Os contos e romances escritos por João Guimarães Rosa ambientam-se quase todos no chamado sertão brasileiro. A sua obra destaca-se sobretudo pelas inovações de linguagem, sendo marcada pela influência de falares populares e regionais. Tudo isso, unindo à sua erudição, permitiu a criação de inúmeros vocábulos a partir de arcaísmos e palavras populares, invenções e intervenções semânticas e sintáticas.

Obras

1936: Magma

1946: Sagarana

1947: Com o Vaqueiro Mariano 1956: Corpo de Baile

1956: Grande Sertão: Veredas

1962: Primeiras Estórias

1964: Campo Geral

1965: Noites do Sertão

1967: Tutaméia – Terceiras Estórias

1969: Estas Estórias (póstumo)

1970: Ave, Palavra (póstumo)





Fonte: Wikipedia



































































Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui