Usina de Letras
Usina de Letras
75 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60342 )

Cartas ( 21288)

Contos (13385)

Cordel (10358)

Cronicas (22275)

Discursos (3191)

Ensaios - (9711)

Erótico (13520)

Frases (48222)

Humor (19544)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4171)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139323)

Redação (3114)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5804)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->ESTENDE A TUA MÃO PARA O MUNDO. -- 22/08/2008 - 18:04 (Amy Higgins) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


ESTENDE A TUA MÃO PARA O MUNDO.





AMY HIGGINS SCHNEIDER.





A falta de consideração que há atualmente dentre as pessoas é um motivo real de preocupação. Não há mais boa vontade e quando alguém estende a mão em auxílio de outra pessoa quase sempre vem a desconfiança se depois não haverá uma cobrança por parte da mesma. A falta de respeito e amor ao próximo está pior do que se imagina.


Os “grandes governantes” não se importam com o que acontece àquelas pessoas que tem famílias numerosas e um salário mísero. O grande interesse atual é o de beneficiar a “si próprio”, todos são ególatras, amantes de seu bem estar, enquanto os muitos que não tem nem para si ainda são capazes de estender a mão a alguém sem mesquinhez.





Seria relevante que “todo o mundo se desse as mãos”, só assim poderíamos viver todos bem, sem diferenças, nem egoísmo, para que a vida humana se transformasse para melhor, mas infelizmente isto parece um sonho quase impossível...





( Amy faz suas reflexões dentro do que nos é mostrado, este artigo foi escrito em 07.08.1987, é preciso refletir, a eleição se aproxima, alguns tentam a reeleição e muitos voltarão a bater em nossas portas, em nossos ombros, são velhos conhecidos.)


Ana Zélia


Comentarios
Perfil do AutorSeguidores: 0Exibido 873 vezesFale com o autor