Usina de Letras
Usina de Letras
42 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60374 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9719)

Erótico (13520)

Frases (48266)

Humor (19559)

Infantil (4832)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139383)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->MELODIA NOSTALGICA -- 07/11/2008 - 15:51 (Alberto Batista) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
MELODIA NOSTAGILCA

O som da melodia faz pensar no tempo em que vivi, num tempo que era só meu, dividindo com seres que viviam ao meu redor me fazendo feliz, me fazendo bem e acima de tudo me ensinando as lutas da vida. Agora, me vejo sem essas tais inspirações, só restando na memória e a cada música que soa, faz lembrar de “quem” me fez hoje o que sou, apesar de em alguns momentos fazer algo contrário, o sentimento continua o mesmo o: AMOR, AS SAUDADES!!!

“Hoje preciso de vocês, preciso de qualquer humor”, de qualquer jeito que for, mas que seja de uma forma bem cristalina, sempre “eu”, sentir a falta dos que um dia eram presente e hoje ausente, constante, seja o que for, a mãe que de muitas vezes vítima das conseqüências do estress pela educação que dá aos discípulos, os filhos que são ofertados por Deus pela sabedoria da mãe e pela paciência interminável que é o pai.

Hoje, sina cada vez mais nova, está vivendo obstáculos em sua vida, novos conhecimento, novas conquistas, apesar de tudo, sente falta do carinho, do amor, da amizade, da compreensão que não sentes junto ás pessoas que fazem parte do seu sangue. Seu sangue apesar de ser verdadeiro lhe mostra que nem sempre a VERDADE é o que existe mesmo. Mãe de outrora que se preocuparia com a forma em que vive sua cria, se este, está bem, se está feliz ou SIMPLESMENTE se está viva, mas isso, não é o suficiente, sente falta daquele amor que em muitas vezes foi chato e hoje em dia essa chatice lhe faz falta, trazendo a melancolia, a saudade de em tempos em que não volta mais, além de tudo do que foi perdido, dos aniversários em que não possam mais está, das diversões do fim de semana, ainda pode viver, ainda vive porque AMA VOCÊS e isso mesmo que seja através das saudades de um, sempre faz com que os outros digam o que sente.

Hoje, me sinto algo pela metade, ouvindo as músicas que me fazem lembrar naqueles tempos em que eu era feliz, tentando agora, seguir seu “EU”, tentará com todas as forças, fazer “MEU EU”, “MINHA VITÓRIA” e isso fará seguir os trilhos de uma vida, mesmo que seja distante, apesar de seus desafios, mas um destino real, cheio das lições que um dia aprendi com você minha GRAÇA e que hoje as ponho em prática fazendo a simplicidade, alegria e amizade como conseqüências, me levando a conhecer, conquistar e cultivar pessoas!





Vivendo a vida de acordo com a lembrança que te faz falta, aquelas noites felizes consumidas pelas conseqüências de um líquido dourado, que lhe traz plena alegria, mas, além disso, tudo, a falta das pessoas que um dia te fizeram tão bem, tanta alegria.

... E hoje o que sou, é devido ao amor, a calma, a perseverança de uma pessoa em que sempre na vida prevaleceu o amor e acima de tudo o AMOR AOS OUTROS... E assim, fez com que EU HOJE sou como sou!

O amor, a distância, a amizade, as tristezas, superam hoje todas minhas amarguras e é por isso que digo mais do nunca:

EU AMO MINHA FAMÍLIA VERDADEIRA, MINHA VIDA!

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui