Usina de Letras
Usina de Letras
80 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60346 )

Cartas ( 21288)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9712)

Erótico (13520)

Frases (48231)

Humor (19546)

Infantil (4824)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139334)

Redação (3115)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5808)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->SEDUÇÃO -- 02/10/2002 - 00:51 (Alexandre Manhães) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Olho no fundo dos teus olhos.

Espelhos da alma, eles te traem,

Revelando teus mistérios eternos de mulher.



Seduzo-te... toco em teu corpo,

Do jeito exato que desejas.

Coloco-te a minha disposição pelo tempo que quiser.



Teu rosto se contrai, denunciando teu prazer.

Fêmea desejada, provoca-me com teus carinhos,

Insinua-se como nunca fez em toda a vida,

Pois percebes que tenho poderes sobre ti.



A noite está fria, apesar do calor,

Que toma conta deste belo e sutil cenário.

Nossos corpos envolvem-se numa dança eterna,

E somente nós ouvimos a música de nossos gemidos.



Sutilmente, você se transforma.

Há poucos minutos atrás, era uma menina.

Agora, neste exato instante em que te possuo,

Torna-se a melhor amante que já tive.



Os minutos tornam-se horas. As horas,

Passam sem serem percebidas.

O tempo pára em honra ao nosso momento,

Que parece não ter fim...







17/09/02 – 19:50

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui