Usina de Letras
Usina de Letras
61 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60345 )

Cartas ( 21288)

Contos (13386)

Cordel (10358)

Cronicas (22276)

Discursos (3193)

Ensaios - (9712)

Erótico (13520)

Frases (48231)

Humor (19546)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4173)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139333)

Redação (3115)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5807)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Änjo -- 15/10/2002 - 11:24 (ANELI SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Quando fecho meus olhos sua imagem vem num bailado lindo e maravilhoso...

Sinto o toque suave dos seus lábios em minha face...

Sinto o sangue ferver com sua presença ...

Você habita meus mais doces sonhos...

Ho Suave anjo encantador despertas-te meu amor ...

Meu corpo reclama sua presença, minha boca fica seca sem seus beijos...

Meus braços anseiam em ter você aninhada dentro deles...

Meu coração bate num descompasso doido pensando em você...

E então sinto em mim, toda a fúria desse amor...

A incontrolável vontade de te Ter, o desejo louco de te possuir....

Ho suave anjo encantador despertas-te meu amor...

No sussuro baixinho, me vem seu nome, uma prece um lamento...

Que ecoa dentro do peito, toda a paixão que me devora...

E sinto assim a imensa vontade de amar você...

Anjo sedutor num corpo delicioso de mulher...

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui