Usina de Letras
Usina de Letras
71 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4178)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->Meus filhos -- 26/05/2000 - 23:57 (Ana Mendonça) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Sinto suas vidas escaparem de minhas mãos.
Quanto mais tento segurar, mais vocês escorregam, então eu penso: é como querer apertar a água.
O que tenho que fazer é observá-los e orientá-los da melhor maneira possível.
E isso dá uma sensação de vazio e ao mesmo tempo um sentimento de satisfação.
Sinto que uma parte do meu caminho já foi percorrido e respiro solitária e pensativa.
Agora vocês começam um novo traçado, um traçado que segue de onde dei minha primeira tarefa por cumprida.
O que tenho que fazer agora?
Qual passo eu devo tomar?
Lembro de vocês pequeninos, fazendo gracinhas, chamando minha atenção.
Só agora consigo lembrar e rever as imagens do nosso recente passado.
E já saudosa de um tempo não muito distante , ponho-me a questionar.
Será que reguei direito essas plantinhas que são minha vida?
Será que terão futuro brilhante como sempre sonhei?
Será????
Uma etapa já foi vencida.
Agora chegou a hora de colocar-me do vosso lado, de seguir de longe os vossos passos, porque esses, não posso mais carregar.
Chegou a hora de torcer pra que tudo seja fácil em vossos caminhos.
Chegou a hora de deixá-los agirem sozinhos.
Devo conter meus impulsos de proibição e aguçar os meus sentimentos de percepção.
Chegou a hora de ensinar-lhes a pescar.
Chegou a hora de vocês cumprimentarem o mundo, se apresentarem.
Ah meus filhos! Quem me dera poder dizer faça isso e não aquilo e por vocês ser obedecida.
Mas isso não devo fazer.
Devo lhes dar a mão se me pedirem ou se deixarem que eu a estenda para vocês.
Eu aqui, fico torcendo e pedindo a Deus que vocês sigam o caminho certo.
Que sejam respeitosos e respeitados, que sejam caridosos, que tenham fé, esperança num mundo melhor.
Que Deus os abençoe meus filhos.
Confio em vocês.
Lembrem-se sempre:
Vocês são o seguimento de minha vida.
Sei que tivemos muitas brigas e ainda teremos outras tantas.
Continuaremos seguindo juntos, mas de um jeito diferente.
Vocês criaram asas e estão querendo alçar vôo e eu aflita, numa batalha silenciosa, tento afastar de vocês o inimigo, o predador, o caçador.
Tento ampará-los de longe, sem que vocês percebam.
Ah! Quando penso que não via a hora de vocês agirem por conta própria, chego a sorrir da minha tamanha ingenuidade.
Hoje percebo que era tão bom passar a noite acordada por causa dos vossos choros.
Nós crescemos juntos, aprendi muitas coisas com vocês e espero ter lhes passado pelo menos uma coisa boa, algo que vocês carreguem dentro do peito. Para que quando se acharem sozinhos, possam mergulhar dentro de vocês e encontrar essa coisa boa chamada "amor."
A vida está diante de vocês.
Muitos são os caminhos.
Escolham-no com bastante cautela e depois do caminho escolhido, lutem tal qual o touro bravio para transpor obstáculos que certamente irão encontrar.
Só lhes peço uma coisa:
Façam uma luta limpa para que no final de um longo dia vocês possam acomodarem a cabeça no travesseiro e realmente descansar.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui