Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
47 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59138 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3730)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138242)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5526)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->PALAVRAS DO REDENTOR -- 19/04/2003 - 08:38 (Benedito Generoso da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. PALAVRAS DO REDENTOR

No início desta era,
Na terra da Palestina,
Nasceu Cristo Redentor
Numa gruta pequenina;
Aos trinta anos de idade,
Cheio da força divina,
Começou a divulgar
A sua nova doutrina:

Não vim para ser servido,
Mas para servir somente;
Enviado aos pecadores
Pelo Pai Onipotente,
Vim para que tenham vida
E a vivam plenamente.

Demonstrando com prodígios
Sua grande autoridade,
Passava o tempo ensinando
O caminho da verdade;
Cheio de sabedoria,
Compreensão e humildade,
A todos Ele falava
Com muita simplicidade:

Quem quiser ser meu discípulo
Terá que renunciar
Até mesmo sua vida,
Riquezas e bem-estar,
Depois tomar sua cruz
E atrás de mim caminhar.

Assim durante três anos
O amor Ele ensinou,
Até que o povo rebelde
Sem piedade o condenou;
Morreu pregado na cruz,
Mas depois ressuscitou,
E aparecendo aos amigos
Desse modo assim falou:

Recebam a minha paz
E esqueçam a amargura,
Foi da vontade do Pai
Que eu baixasse à sepultura,
Para que assim se cumprisse
O que diz a Escritura.

Passados quarenta dias,
Após a ressurreição,
Estando por terminar
No mundo a sua missão,
Antes de subir ao céu
No dia da ascensão,
Aos apóstolos reunidos
Deu a última instrução:

Como o Pai me enviou,
Assim também os enviarei,
Ensinem a todo mundo
O que eu lhes ensinei,
E até ao fim dos tempos
Com vocês eu estarei.

BENEDITO GENEROSO DA COSTA



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 101Exibido 646 vezesFale com o autor