Usina de Letras
Usina de Letras
51 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60367 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3194)

Ensaios - (9716)

Erótico (13520)

Frases (48255)

Humor (19555)

Infantil (4830)

Infanto Juvenil (4180)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139367)

Redação (3119)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Artigos-->Obama não olhou... -- 16/07/2009 - 22:38 (Athos Ronaldo Miralha da Cunha) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Obama não olhou...

Athos Ronaldo Miralha da Cunha



Uma foto correu mundo no encontro de poderosos, pseudo-poderosos e candidatos a poderosos em L’Aquila, na Itália. Tudo por causa de uma suposta olhadela de Obama para o traseiro da representante brasileira que participava de um “Gezinho”, o chamado Júnior 8.

A carioca Mayara cruza exuberante em frente aos presidentes dos Estados Unidos e da França. Ambos olham para o rebolado da guria, posteriormente um vídeo “inocenta” o Barack, mas salienta a fisionomia de sarcasmo do marido de Carla Bruni. Convenhamos, a foto é reveladora dos dotes da beldade brasileira e dos olhos de águia dos dois presidentes.

Eu imagino o Sarkozy tirando o maior sarro cantando “Ela é cariocá, ela é cariocá...” e recebendo um beliscão da Carla. O Obama atracaria o “Tico-tico no fubá”. Um Tico-Tico só/ O Tico-Tico lá/ Está comendo/ Todo, todo, meu fubá/ Olha seu Nicolau... olhando para o Sarkozy. Claro que o presidente cantaria “Taico-taico”.

No Brasil a bunda está consagrada como preferência nacional. Ponto para nós, e eu como sul brasileiro estou incluído no topo dessa estatística. Esse dado é fato, basta observarmos as propagandas de cerveja, cigarros e seja lá o que for. Sempre tem um atraente e deslumbrante traseiro para chamar a atenção. E aí tem nome para tudo. Garota melão, melancia, moranguinho e uma salada de frutas completa. Tudo se resume em um minúsculo fio dental e umas superabundantes nádegas.

Nesses encontros de cúpula – cúpula bem entendido – sempre tem uma bunda para ser apreciada. Será que num jantar regado a “Château Lafite” o Obama não dá uma discreta olhadinha para o traseiro de Carla? E o Sarkozy seria mais discreto ao contemplar os atributos de Michele? Com relação ao Berlusconi não temos dúvidas...

Tenho algumas incertezas, dado o nosso padrão de beleza contemporâneo, se a Ângela Merkel, primeira-ministra da Alemanha, seria contemplada com um desses olhares matreiros.

Não vejo maldade nesses olhares, o que é belo deve ser admirado – e sem machismo nisso – todos gostamos de ser observados, por mais barrigudos, carecas e baixinhos que sejamos. Imaginem um belo traseiro cruzando em nossa frente. É óbvio que temos que olhar.

Se o Obama não olhou... deveria ter olhado. Discretamente, claro.

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui