Usina de Letras
Usina de Letras
66 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59656 )

Cartas ( 21253)

Contos (13324)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47208)

Humor (19423)

Infantil (4618)

Infanto Juvenil (3936)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138764)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cartas-->Sei que tú lamentarás -- 15/09/2002 - 00:47 (A. AAA) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Quero que nesta noite fria, de lua terna e brilhante, sinta uma brisa leve a tocar seus cabelos e beijar sua face. Esta brisa é um pouco da minha tristeza que te afaga de longe, carinhosamente. Você sentirá frio, e lembrará do meu calor para te aquecer. E quando você lembrar de mim e me desejar, estarei eu novamente a deixar que fale o silencio da noite, para que você lembre das nossas conversas, dos nossos risos, dos nossos olhares. E você cantara uma musica bem baixinho para si, tentando ainda trazer me, mesmo que distante. Lamentaras o beijo que deixou de me dar, e uma lágrima de seu rosto sei que ira rolar, pelo arrependimento de ter me tirado da sua vida pois saberás, que igual a mim, que te amou tanto, jamais encontrarás...
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui