Usina de Letras
Usina de Letras
60 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59661 )

Cartas ( 21254)

Contos (13324)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47209)

Humor (19420)

Infantil (4621)

Infanto Juvenil (3937)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138767)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->pobrezinhu -- 20/12/2002 - 04:39 (Açaçino dah LHínga Purtogueza) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
ó mundo pequeninhu,

ó triste solidaum,

queira naum queira, naum,

a vida continua lindinha,

a nossa aparencia naum.



grande mundo, mundaum,

tu nos da liberdade tanta,

que me aparece muita anta,

querendo ser grandaum,

mas isso naum me encanta



pobri mundo perdido

és por todos explorado,

ateh admito, tamu errado!

mas tu eh q ta fudido,

pobre mundo quebrado



te proponho um pacto, intaum

me faz escrever direito

num precisa ser perfeito

que te dou uma revanche

crio outra bomba atomica

escrevo umas "mil cronica"

e te explodo rapidaum,

apredi com os kamikaze,

melhor a agonia acabar rapido mesmo,

assim ja naum da peh,

naum eh?

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui