Usina de Letras
Usina de Letras
52 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59573 )

Cartas ( 21248)

Contos (13281)

Cordel (10315)

Crônicas (22226)

Discursos (3166)

Ensaios - (9519)

Erótico (13500)

Frases (47113)

Humor (19397)

Infantil (4586)

Infanto Juvenil (3883)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138630)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2431)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5637)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Infantil-->Volta ao Mundo com Judith (XXII) -- 04/04/2020 - 22:10 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

Volta ao Mundo com Judith (XXII)


Não fosse por um fato marcante, que nem chegou a acontecer, a diminuta ilha de Howland nem estaria em nosso roteiro de viagem...Ali, a lendária piloto Amelia Earhardt teria feito um pouso em seu bimotor Lookheed Electra, quando encetava a volta ao mundo, em julho de 1937.

Os últimos sinais de rádio lá captados indicavam sua aproximação...mas Amelia não chegou à ilha, na companhia de seu navegador,  Fred Noonan, como se planejara. E apesar de intensas buscas, o paradeiro daqueles pioneiros da aviação jamais foram estabelecidos com precisão.

Howland, com menos de 2 km2 de território, pouco acima do nível do mar, faz parte de um conjunto de atóis denominados Phoenix Islands, pertencentes aos Estados Unidos. E é inabitada. As tentativas de implantação de população e de atividades econômicas na ilha fracassaram, em boa parte pela escassez de água, e fragilidade de meio-ambiente. Sua distância de Samoa é de 1.640 kms, e do Havaí, 3030 kms.

Durante a guerra dos Estados Unidos com o Japão, a ilha não escapou de ser palco de alguma ação bélica, de que o mais notável foi o bombardeio que resultou na destruição do farol de navegação.

/E mesmo sem um Ataulfo naquela terra, Amelia é que era...

Volta ao Mundo com Judith (XXII)


Não fosse por um fato marcante, que nem chegou a acontecer, a diminuta ilha de Howland nem estaria em nosso roteiro de viagem...Ali, a lendária piloto Amelia Earhardt teria feito um pouso em seu bimotor Lookheed Electra, quando encetava a volta ao mundo, em julho de 1937.

Os últimos sinais de rádio lá captados indicavam sua aproximação...mas Amelia não chegou à ilha, na companhia de seu navegador,  Fred Noonan, como se planejara. E apesar de intensas buscas, o paradeiro daqueles pioneiros da aviação jamais foram estabelecidos com precisão.

Howland, com menos de 2 km2 de território, pouco acima do nível do mar, faz parte de um conjunto de atóis denominados Phoenix Islands, pertencentes aos Estados Unidos. E é inabitada. As tentativas de implantação de população e de atividades econômicas na ilha fracassaram, em boa parte pela escassez de água, e fragilidade de meio-ambiente. Sua distância de Samoa é de 1.640 kms, e do Havaí, 3030 kms.

Durante a guerra dos Estados Unidos com o Japão, a ilha não escapou de ser palco de alguma ação bélica, de que o mais notável foi o bombardeio que resultou na destruição do farol de navegação.

/E mesmo sem um Ataulfo naquela terra, Amelia é que era...

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 24Exibido 53 vezesFale com o autor