Usina de Letras
Usina de Letras
70 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59808 )

Cartas ( 21263)

Contos (13364)

Cordel (10327)

Cronicas (22226)

Discursos (3173)

Ensaios - (9574)

Erótico (13486)

Frases (47466)

Humor (19436)

Infantil (4676)

Infanto Juvenil (4003)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138983)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2436)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5702)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->A MALDIÇÃO E A BENÇÃO -- 23/12/2002 - 16:46 (Alexandre Marcos Seolim Rodrigues) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Uma manhã vermelha ardeu.;

Chamas queimaram véus e flores.;

O branco não enxergou o preto.

O preto não reconheceu o branco.

Templos tornaram-se quartéis.;

A fé encaixou-se na moldura da religião

E agora é arma.

Fiéis são soldados.

O odor podre da intolerância

Espantou o perfume da fraternidade.

Vizinhos plantaram ódio em seus jardins

E trancaram seus lares

Para quem trazia nos pés

Poeira de outro costume.

Um homem mirou o céu rubro

E bradou, estremecedor:

- É de tudo isto que EU gosto! Este é o MEU mundo!

E governou.

Esse mundo adormeceu sob os canhões,

Tendo pesadelos de doença e morte,

Mas a alvorada foi luz,

Um vento de aroma doce varreu as cinzas.

Da cegueira curou-se o branco

E o preto recobrou a memória.

Templos são agora lavouras

E a fé cultivada não é modelável, não é explosiva,

Mas protéica e saborosa.

Fiéis são lavradores de um novo amor.

A fragrância da igualdade

Cobriu os ares , águas e campos.

Vizinhos derrubaram cercas

E estenderam tapetes,

Recepcionando a paz.

Um Ser, de energia intensa, inigualável,

Despiu o universo de todo preconceito

E falou mansamente:

- É de tudo isto que TODOS NÓS gostamos. Este é o NOSSO mundo!

E nos deu a mão,

Para que pudéssemos

Reconstruir uma obra suprema:

A VIDA!



PARA UM AMOR QUE CHEGOU À NOITE

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui