Usina de Letras
Usina de Letras
58 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60362 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22277)

Discursos (3193)

Ensaios - (9714)

Erótico (13520)

Frases (48249)

Humor (19550)

Infantil (4828)

Infanto Juvenil (4178)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139358)

Redação (3118)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5812)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->LEMBRANÇAS DE UM NATAL -- 26/12/2002 - 14:09 (Antenor Ferreira Junior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Olhava tímido pela porta de frente

Havia sim, uma velha lareira.

Que quase sempre estava quente.

Sobre a mesa, somente a ausência.

De mais um Natal sem presente.



Meu velho pai nunca estava.

Era quase ausência esquecida.

A vida o transformara em trabalho.

Pois era dele que vinha a comida.

A escola, e o calor do agasalho.



Herdara o suor na testa.

E uma leva de calos nas mãos.

Mas tinha olhar de festa.

Lembrança que hoje traço.

Quando me via no portão.

A lhe esperar num abraço.



Pobre ceia de pão.

Roupa rota com remendos de tristeza.

Olhos tristes e pés descalços no chão.

Orávamos ao redor daquela mesa.

Porque que ele que lá nunca estava?

A partilhar de toda aquela pobreza.



Mas a velha porta se rompe ao meio.

E como se surgisse num assombro.

Era ele sim, de mão vazia.

Paletó listrado, pendurado aos ombros.

E nossa casa se encheu de alegria.



- Vim bem depressa.

Vim correndo.

Vim ligeiro.

Não trouxe nada.

Nem sequer tinha dinheiro.

Mas quero estar aqui nesta noite.

Nesse Natal de alegria e paz serena.

Mesmo sem nada pra comer.

Vim pra dizer que vale a pena.



E naquele Natal frio.

Enfim, eu estava contente.

Deixei de sentir o vazio.

Pois naquele dia feliz.

Ganhei o meu pai de presente.



Antenor Ferreira Junior

20/12/2002 10:00 hs



Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui