Usina de Letras
Usina de Letras
50 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59675 )

Cartas ( 21255)

Contos (13343)

Cordel (10321)

Crônicas (22226)

Discursos (3170)

Ensaios - (9538)

Erótico (13486)

Frases (47226)

Humor (19421)

Infantil (4629)

Infanto Juvenil (3943)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138798)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5663)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Ensaios-->MINHA DEUSA -- 27/12/1999 - 11:51 (AGUIA REAL) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Minha Deusa

Durante muito tempo te procurei pelas ruas da cidade, mas nada encontrei, a não ser, sombras da tua imagem e semelhança.
Eu precisava de uma pista, mas a única que existia, era baseada no que diz o povo: que metade da tua alma, anda por aí, e a outra metade vive escondida bem dentro, aqui.
E o que fazer para resolver o mistério? Completar o quebra cabeças, se a metade que habita em mim, me confunde se disfarçando em outras mulheres, e me faz acreditar que eu às amaria, todos os dias, até o fim?
Conversei com santos, magos, oráculos e cartomantes, até que uma pessoa bem simples me disse, que para te encontrar, eu deveria deixar a mente livre e então poder ver, que uma das metades parece um abismo, e a outra parece o céu. Que o cheiro é como o teu hálito, misturado ao perfume das flores silvestres e das rosas brancas. E que tua cor, é igual à cor que eu vejo quando viajo sonhando pelos vales encantados do fundo do Mar.
Na verdade, a única coisa que sei, é que tu andas perdida pelo mundo, porque sinto a tua presença, às vezes longe, mas às vezes tão perto que tenho arrepios, o estômago embrulha e o coração dispara.
Um dia desses, numa pracinha qualquer, vi uma pessoa, só, parada, observando as plantas do jardim. Ela tinha o teu jeito, os teus cabelos, o teu sorriso e por alguns momentos me pareceu que a busca tinha chegado ao fim. Mas que pena. Aos poucos fui percebendo que não era contigo que estava conversando, e quase que sem querer, fazendo planos, falando dos nossos sonhos, contando as nossas fórmulas para viver um grande amor. Quanta ilusão!
Mas não faz mal, por que foi bonito, e sei que naquele dia, no mínimo eu conheci alguém, que anda sozinha pela cidade, procurando a sua outra metade também!

Fred Brasiliense

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui