Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62481 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10471)
Erótico (13578)
Frases (50868)
Humor (20083)
Infantil (5501)
Infanto Juvenil (4822)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140912)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6251)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Ensaios-->Cure seu Coração -- 06/11/2002 - 14:54 (Agatha Lopez) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
O AMOR é o sentimento mais nobre que duas pessoas podem conhecer e se torna o mais triste, quando temos que matar dentro de nós.

A experiência não será válida se não aprendermos com a dor da perda de um grande AMOR, acredito que quando ele não se realiza na sua plenitude é porque já não era seu tempo. Quando isso acontece temos que curar o nosso coração para que possamos entender o que aconteceu, mesmo que no momento a explicação não venha, pois perder um AMOR dói muito e nunca estamos preparados para deixar quem amamos.

O aprendizado fica por conta do amigo tempo, que ajuda e faz reaprendermos a amar, mas esse processo de cura é de dentro para fora e não depende de nenhuma outra pessoa, apenas de você. Cada um de nós possui essa capacidade.

Muitos amores nascem e terminam, seguindo o ciclo da vida, e muitos quando terminam e não são curados acabam deixando feridas para serem cicatrizadas. Não permita que isso aconteça, busque no seu interior a porta que o levará a saída, ajude o amigo tempo, pois ele não pára e às vezes parece ir contra nós, principalmente quando não queremos encontrar a porta de saída.

Não se feche e não perca o brilho dos seus olhos, pois o AMOR está dentro de cada um de nós e precisa ser vivido e passado para frente, mas antes disso precisamos encontrá-lo para nós mesmos. Não podemos ser o AMOR se não temos AMOR, quando o descobrimos tudo volta a ficar bem, pois ele transforma o AMARGO em DOCE, a LÁGRIMA em um SORRISO, os dias FRIOS em dias de VERÃO.

Não desista, lute e busque a sua cura, pois ela está dentro de você, esperando um ato de coragem, capaz de levar você novamente para a vida. Vida que continua e merece ser vivida na sua essência, com toda intensidade e a cada instante.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui