Usina de Letras
Usina de Letras
44 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62422 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22546)

Discursos (3240)

Ensaios - (10459)

Erótico (13578)

Frases (50817)

Humor (20078)

Infantil (5492)

Infanto Juvenil (4817)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1377)

Poesias (140875)

Redação (3322)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6240)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Textos_Religiosos-->Gideão e seus trezentos -- 22/12/2021 - 22:20 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

 

Gideão e seus Trezentos - Canta Eliã Oliveira - YouTube

https://www.youtube.com › watch

Letras

Junta o povo Gideão
Chegou a hora de lutar
Grande vai ser a escolha
Os covardes e medrosos
Do caminho irão voltar

Junta o povo Gideão
Eu vou marcar a tua história
Te darei o livramento
Pois somente com trezentos
Eu te darei vitória

Trinta e dois mil, era a quantidade
De homens a postos para pelejar
Aparentemente, todos corajosos
Preparados pra lutar

Porém há momentos
Que Deus resolve, agir diferente
E o Senhor disse a Gideão
Ainda tem muita gente

E disse o Senhor a Gideão
Muito é o povo que está contigo
Para Eu dar os midianitas em tuas mãos
Afim de que Israel não se glorie contra mim dizendo
A minha mão me livrou
Apregoa pois agora aos ouvidos
De todo o povo dizendo
Os covardes e medrosos voltem

Então, o povo ouviu e começou a voltar
Um, dois, voltaram vinte mil
Porém há momentos
Que Deus quer agir diferente
E o Senhor disse a Gideão
Ainda tem muita gente

E disse o Senhor a Gideão
Faz descer o povo as águas e ali os provarei
E há de ser que aquele que
Eu te disser esse irá contigo, esse contigo irá
Porém todo aquele que eu disser
Esse não irá contigo, esse não irá

E Gideão ordenou descer as águas
E de longe começou entender
Que havia um segredo de Deus
Na forma que o povo água ia beber
Pois quem tomasse a água com mão
E levasse a boca, este serviria
Porém quem baixasse perdendo atenção
Esse voltaria

E o segredo de Jeová, naquele momento
Era escolher entre os trinta e dois mil
Somente trezentos
Mas trezentos com buzinas
Trezentos com cântaros
Trezentos com tochas
Trezentos com fogo
Trezentos que obedecem
Trezentos corajosos
Trezentos verdadeiros
Trezentos valorosos

Por que Deus quando entra na guerra
É dele o comando
É dele a estratégia, manda quebrar o cântaro
E toca as buzinas
Não tente entender o trabalhar de Deus

E o resultado é vitória, vitória, vitória
Vitória, vitória, vitória
Vitória, vitória, vitória
Deus está dando o livramento

E o resultado é vitória, vitória, vitória
Vitória, vitória, vitória, vitória (vitória)
Se trinta e dois mil não
Querem ir, Deus usa os trezentos

Mas trezentos com buzinas
Trezentos com cântaros
Trezentos com tochas
Trezentos com fogo
Trezentos que obedecem
Trezentos corajosos
Trezentos verdadeiros
Trezentos valorosos

Se trinta e dois mil não querem ir
Deus usa os trezentos
(A vitória é dos trezentos)
Aleluia a vitória é do povo de Deus

Fonte: Musixmatch

Compositores: Samuel Mariano

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 9Exibido 842 vezesFale com o autor