Usina de Letras
Usina de Letras
24 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 62475 )
Cartas ( 21336)
Contos (13274)
Cordel (10453)
Crônicas (22547)
Discursos (3241)
Ensaios - (10470)
Erótico (13578)
Frases (50861)
Humor (20083)
Infantil (5499)
Infanto Juvenil (4821)
Letras de Música (5465)
Peça de Teatro (1377)
Poesias (140903)
Redação (3323)
Roteiro de Filme ou Novela (1064)
Teses / Monologos (2437)
Textos Jurídicos (1962)
Textos Religiosos/Sermões (6250)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Posta-restante -- 10/03/2003 - 10:23 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


























Como você pode evoluir



seu espírito e sua mente,



conforme a Graça que lhe resta?



Creio que você ainda não pode dizer



que quer crescer



junto a cada futuro ato de sua autoria,



junto a cada bendito fruto do ventre



da sua própria Graça.



Seu espírito e sua mente podem evoluir



junto a cada trovão que acompanhará



os seus próprios e cada vez mais ricos relampejos,



que ainda podem advir.



Mas tal evolução não tem ocorrido



conosco, mortais comuns.



Este pode ser o erro de fundamento



mais humano que cometemos,



a cada instante,



quando exercemos nossa liberdade



e nossa interindependência,



pois, temos a faculdade



de podermos não querer



crescer junto com o que construímos.



Deixando de usar o que nos resta de Graça,



prenderemos, maltrataremos e crucificaremos



nossos próprios "jesuses",



que ainda haveremos de criar.



Eles sempre virão para nos salvar,



enviados por Deus, a Suprema Realeza, pela Realidade.



Nós os imaginaremos e os criaremos,



e eles verão os espíritos e as mentes que temos.



Deixando de usar a nossa própria Graça Restante,



nós os tornaremos malditos frutos,



sangrando e cheios de feridas.



Isso pode significar que queremos manter



nossos espíritos e nossas mentes desgraçados,



incapazes de evoluir,



até o final de nossas vidas!



Mas, podemos resignificar



o "Do pó vieste ao pó retornarás"



que levamos ao pé da letra,



escoimados numa falsa humildade,



sempre que desvalorizamos os nossos



feitos e as nossas crenças.



O que nos resta é Pó de Graça,



que ainda pode ser usado



para nos ajudar a evoluir.



É o pó da devolução,



devolução da Graça,



que recebemos de graça,



que ainda podemos devolver



ao longo do resto das nossas vidas:



pitadas mínimas de sentir,



de cuidar-nos,



de revelar-nos,



de crescermos,



de recebermos a Graça do Outro,



de admirar-nos,



de transformar-nos,



de criarmos,



de acariciarmos,



de buscarmos semelhança em nossos semelhantes,



com profundo e recíproco respeito



pela sagrada escala de valores



de cada um, sem perda da individualidade.;



de ajudarmos,



de brindarmos,



de dizermos adeus,



de não nos deixarmos manipular,



de vivermos,



de agradecermos



e de rogarmos para que sejamos salvos



do desequilíbrio do inesperado.



O dia da Mulher



deveria ser comemorado



como dia santo,



extensivo a todos que ainda



gozam de parcelas da Graça Plena de Maria.



Este dia ainda poderá vir a ser



um dia de reflexão global.



salvar.doc 05/03/2003.; 15.; 36h.







































Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui