Usina de Letras
Usina de Letras
96 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59659 )

Cartas ( 21254)

Contos (13324)

Cordel (10319)

Crônicas (22226)

Discursos (3169)

Ensaios - (9535)

Erótico (13486)

Frases (47208)

Humor (19419)

Infantil (4619)

Infanto Juvenil (3936)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1340)

Poesias (138766)

Redação (3078)

Roteiro de Filme ou Novela (1061)

Teses / Monologos (2432)

Textos Jurídicos (1946)

Textos Religiosos/Sermões (5656)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Minha Vovó Olympia -- 16/03/2003 - 11:33 (ARTHUR ACCIOLY PEREIRA) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Minha Vovó Olympia.



Decantarei em “brancos”

Uma ancestral querida

Bem criada e bem nascida

Com uma fulgurante vida



Um dia me falaram

De minha “Vovó Olympia”

Bem velhinha e bondosa

Pudica como avó



Que nome bonito!

Olympia... Remete ao passado

Monte Olimpo, sereno...

Morada dos deuses, angelical.



Mas aqui na Usina

Tem Outra Olympia

Que só fala em... FALO

E tem tesão em PERNA DE PAU DO PAULO



Que acha bonito dizer

Que pelada com um "baita homão"

Geme, grita, GOZA, até o amanhecer!



Que saudades da minha “Vovó Olympia”



Leia: O Apelo Erótico







FALE COMIGO

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui