Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
128 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59134 )

Cartas ( 21236)

Contos (13113)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46517)

Humor (19281)

Infantil (4460)

Infanto Juvenil (3726)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138234)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->CONTO-LHES MEU ACIDENTE DE CARRO -- 20/12/2003 - 14:08 (Benedito Generoso da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. CONTO-LHES MEU ACIDENTE DE CARRO

Vou contar aqui um fato
Que a poucos dias se deu,
Eu ia para o trabalho,
Dirigindo o carro meu,
Ao passar num cruzamento,
Outro carro me bateu.

Tudo isso aconteceu
Num momento, de repente,
Não percebi o veículo
Que cruzava minha frente,
Houve choque entre os carros
Por causa de um imprudente.

O carro desse demente
Estava assegurado,
Ele afirmou, porém,
Que eu é que estava errado,
Como não tinha seguro,
Fui o mais prejudicado.

Ficou o trânsito fechado
E chegou a autoridade,
Ninguém tinha testemunha,
Deturpou-se a verdade,
Palavra de um contra o outro,
Não valeu a honestidade.

Fiquei então na saudade
E o errado impunemente,
Com uma ação na justiça
Vou ingressar certamente,
Se serei bem-sucedido,
Eu não sei seguramente.

Neste terrível acidente,
Eu podia ter morrido,
O prejuízo foi enorme,
Com isso tenho sofrido,
Mas ainda estou vivo
Pra contar o ocorrido.

Não houve um só ferido
Dos carros em colisão,
Só danos patrimoniais
Que pesam na minha mão,
Porém para isso achei
Momentânea solução.

Nessa mesma ocasião,
Um convite veio a mim,
Quem fez foi Daniel Fiúza,
Eu já ia dizer sim
Para o Livro de Cordel,
Mas meu sonho teve fim.

Bendito seja, enfim,
Esse Deus tão poderoso,
Nele eu tenho muita fé,
Dele sou esperançoso;
Isso que me aconteceu
Transformou-me e agora eu
Ouso ser mais generoso.

BENEDITO GENEROSO DA COSTA



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 101Exibido 847 vezesFale com o autor