Usina de Letras
Usina de Letras
61 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60373 )

Cartas ( 21289)

Contos (13387)

Cordel (10358)

Cronicas (22278)

Discursos (3194)

Ensaios - (9718)

Erótico (13520)

Frases (48265)

Humor (19557)

Infantil (4831)

Infanto Juvenil (4183)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139381)

Redação (3120)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2438)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5813)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
cronicas-->O demonio humano -- 09/11/2002 - 21:59 (Aline Franco Cano) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Esta semana, li um livro que revela a essência da maldade humana. O que o ser humano é capaz de fazer por ganància e por dinheiro. Descobri que cada um de nós carrega um demónio dentro de si. E que somos maus por natureza, que fazemos de tudo pra crescermos nos negócios, que só pensamos em nosso próprio beneficio.
Muitas vezes nos esquecemos do amor pelo próximo, e pensamos somente em nosso benefício. E o amor, onde fica? Parece que em certos momentos pensamos somente em nossa felicidade, e o restante, bem o restante é resto.
É, mas a felicidade não dura pra sempre. E algumas vezes precisamos de um ombro amigo, e com este ombro devemos dividir nossas alegrias e tristezas. Assim, nunca estaremos sozinhos.
Imaginem como dever ser duro estar sozinho, não ter com quem conversar. A pessoa deve ficar louca e começar a conversar com as paredes, objetos da casa, discutir com a televisão, já que não tem com quem conversar. Apesar de que todo eu um dia já conversei com a televisão, mas no caso de uma pessoa sozinha, a televisão passa ser seu melhor amigo.
Parece coisa de doido, mas acontece. Que horror!!!! Conversar com televisão, as paredes, se pelo menos fosse um cachorro, que às vezes parece que nos entende, e o melhor ele não emite opinião.
Mas quando menos percebemos o nosso demónio toma conta de nossas ações, e passamos a pensar com egoísmo, temos que ter muito cuidado. No entanto, há certos momentos em que o demónio se faz mais útil do que pensamos. Vamos deixar nosso demónio entrar em ação nos momentos adequados.
Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui