Usina de Letras
Usina de Letras
81 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 60342 )

Cartas ( 21288)

Contos (13385)

Cordel (10358)

Cronicas (22275)

Discursos (3191)

Ensaios - (9711)

Erótico (13520)

Frases (48222)

Humor (19544)

Infantil (4823)

Infanto Juvenil (4171)

Letras de Música (5497)

Peça de Teatro (1345)

Poesias (139323)

Redação (3114)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1949)

Textos Religiosos/Sermões (5804)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Aline Tipo Aline -- 27/07/2003 - 20:29 (Alyne Roberta Neves Costa) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Ela é cheia de graça

e faz versos como eu.

Ela brinca com as palavras

e faz nascer gargalhadas.

E aos poucos eu descubro o encanto de uma alma em flor.

Ela parece um ramalhete de flores campestres.

E tem uma genética parente da minha,

somos broas de uma mesma farinha.

E o destino colocou-a em minha vida de presente.

Ela é meio anjo e meio gente.

É meio mulher que sonha com serpente.

Ela faz a alma germinar a semente:

da vida

da alegria

da fantasia

da paz

da harmonia

Se a vida fosse um circo?

Ela, tipo assim, a equilibrista.

Uma poeta...

Fantasiada de economista.

19/07/03



Para minha prima Aline Fróes

Comentarios
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui